10 de fevereiro de 2020 • 20:53

Devo ser doido




Tomando banho pensei num texto meio maluco, sem pé, nem cabeça. Quase desisti porque seria trabalhoso demais, mas resolvi tentar.
Pode sair coisa boa, já digitei várias coisas que não prestam. Vai que dessa vez finalmente saiam sílabas que quando se juntarem muita gente goste de ler.
Possivelmente leitores famintos por criatividade vão se decepcionar, porém não fugirei dos críticos porque respeito todo pensamento.
Mas cada termo cumpre cuidadosamente seu papel nessa história.
Você também vai notar que minha missão será cumprida pois mostrarei que certas letras nem fizeram falta.
Só nesse momento revelo o plano pirado criado no chuveiro: fiz tal texto só com palavras que começam com consoantes.

Thales Santos, Redator