29 de julho de 2019 • 10:34

eSports: uma grande jogada para a publicidade.




A publicidade é um mercado que mobiliza bilhões e bilhões por ano, movimenta a economia, dita lifestyles e faz parte das transformações culturais na nossa sociedade.

E um novo caminho se abre para ser explorado: o mundo dos eSports. Uma modalidade de competição profissional de videogames com times e jogadores oficiais, onde muitas marcas estão descobrindo mercados promissores e valiosíssimos.

Em recente pesquisa da Newzoo – agência especializada em análises de games e eSports – esse mercado vai movimentar cerca de R$ 4 bilhões em 2019. E adivinha de onde vem a maior parte desse dinheiro? Direito de mídia, publicidade e patrocínio.

Além das marcas do segmento, muitas outras descobriram essa mina de ouro e já estão se aventurando por lá. LG, Burger King, C&A, Coca-cola, NET, Gilette, Vivo, Oi e Netshoes são alguns exemplos que já começaram a investir.

Porém, apesar de ser um mercado com grande potencial, ele ainda é pouco explorado por ser novidade e, muitas vezes, por falta de ousadia das marcas em arriscar novos formatos. Por isso, vemos que muitas delas ainda estão limitadas a patrocinar times e apostar em eventos de nicho, sendo que existe muito mais a ser explorado.

Mas, pera aí. Onde ficam as agências de publicidade nisso tudo? Já existem as agências especializadas em eSports - empresas que vão mais a fundo, criando conteúdo e soluções específicas para a área – que não são concorrentes, mas parceiras de investimento das agências de publicidade. Afinal, a ideia é unir forças para atender a esse gigante comércio de jogos digitais. Assim, os dois lados saem ganhando.

Diante disso tudo, com o avanço das novas tecnologias e seus novos hábitos de consumo, é notável que as marcas que investem hoje em eSports estão dando um importante passo, aprendendo como o consumo será futuramente. Então, fica a dica: a grande jogada é aprender com quem tá ganhando.